O teste de porosidade, irá indicar com que facilidade a umidade e os óleos entram e saem do seu cabelo.  Já que, para ter fios bonitos, é preciso que os cabelos estejam bem nutridos e fortes.

Contudo, uma característica pode atrapalhar o visual desejado: a porosidade capilar. O problema acontece quando as escamas ou cutículas (camada de cabelo externa flexível) dos fios ficam abertas, deixando-os mais frágeis e quebradiços.

A porosidade, é sem dúvida, determinada por fatores genéticos.  Entretanto, é também afetada por fatores externos (poluição, sol, tratamentos químicos, etc.).

Conhecer a porosidade de seu cabelo vai ajudar a escolher os produtos certos para manter seu cabelo bem hidratado, flexível, forte e brilhante.

Uma vez que o quadro seja identificado, é necessário recorrer aos procedimentos certos. Quer saber se você tem sofrido com essa condição?

Então, aprenda a fazer o teste de porosidade e descubra qual é o melhor tratamento capilar.

Como fazer o teste de porosidade?

Um material poroso é aquele que tem muitos “furos” e no qual a água penetra com mais facilidade. Sabendo disso, o teste de porosidade nos cabelos não é muito difícil. Comece pela limpeza dos seus fios: lave-os e deixe que eles sequem completamente como você sempre faz. Isso é importante porque a gordura acumulada pode mascarar a oleosidade.

Em seguida, pegue um copo de água em temperatura ambiente e coloque um fio de cabelo no líquido. Basta pentear as madeixas e pegar algum que se soltar entre as cerdas. Deixe o copo em repouso por 10 minutos e, depois, observe qual é o resultado.

Como interpretar o teste de porosidade?

Assim que o período de espera for concluído, o fio só poderá seguir três caminhos: ele ficará perto da superfície, estará no meio do copo ou afundará completamente.

Em cada posição, há um nível de porosidade associado. Se o fio boia, então significa que a água não consegue penetrar, pois as cutículas estão fechadas. Quando ele fica no meio do copo, há alguma passagem de água, mas sem ser em excesso.

Já quando ele afunda, há indícios de que o líquido ultrapassou a estrutura sem problemas. Assim, a classificação é a seguinte:

  • fio na superfície da água = baixa porosidade;
  • no meio do copo = média porosidade;
  • no fundo do líquido = alta porosidade.

Qual é o tratamento capilar indicado?

Depois de reconhecer o nível de porosidade, é importante entender que cada situação requer um tratamento capilar específico. Embora a alta porosidade seja negativa, a baixa pode levar ao ressecamento. Mesmo a média porosidade, que é ideal, exige uma atenção especial.

Quando o fio boia na superfície, ele tem mais dificuldade de absorver a umidade e, com isso, pode ficar quebradiço por estar seco. Nesse caso, o tratamento capilar indicado é o de hidratação. Ela precisa ser potente para vencer a barreira das cutículas capilares e gerar um efeito bonito.

Se tiver porosidade média, o recomendado é utilizar produtos de nutrição. Eles ajudam a repor alguns nutrientes, como a gordura, e a manter o nível de absorção de líquidos.

Os cabelos altamente porosos exigem uma atuação poderosa de reconstrução.

Graças aos componentes especiais, as estruturas voltam à normalidade e ficam mais saudáveis. É fundamental escolher produtos específicos para o seu tipo de cabelo e que sejam de qualidade.

Realizar o teste de porosidade permite identificar qual é a necessidade dos seus fios no momento. Depois de avaliar os resultados, recorra ao tratamento capilar correto e mantenha o visual sempre lindo.

Você sabe como anda a saúde das suas madeixas? Comente e participe!

*Atualizado em 27/07/2019

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *